Chamada de Comunicações

Convidam-se historiadores, sociólogos, etnólogos, antropólogos, linguistas, filólogos, arquivistas, geógrafos, botânicos, farmacêuticos e investigadores de outras áreas científicas a apresentar uma proposta de comunicação tendo por base os eixos temáticos propostos. 

Eixos temáticos:

As propostas de comunicação deverão inscrever-se num dos eixos temáticos seguintes. Comunicações transversais também serão consideradas.

1. Dos lançados aos Luso-africanos: formação dos agregados familiares luso-africanos, construção e categorização das populações.

2. Os Luso-africanos e os poderes : que relações com a Coroa portuguesa? Com os impérios, os reis, os chefes autóctones?

3. Os agregados familares luso-africanos na Senegâmbia : localização e migração entre os séculos XVI e XIX.

4. Os Luso-africanos na economia da Senegâmbia. O papel dos Luso-africanos para o colapso do comércio português.

5. Os Luso-africanos : originalidade e aculturação.

6. Os Luso-africanos nas sociedades da Senegâmbia : interações culturais.

7. Português, línguas africanas, crioulo : os Luso-africanos e a questão linguística.

8. O lugar das mulhres nas sociedades luso-africanas.

9. O declínio dos agregados familiares : análise SWOT.

10. Os marcadores identitários dos Luso-africanos hoje: permanência e transversalidade.

11. Os Luso-africanos e a sua relação com as populações autóctones e não autóctones.

12. As grandes famílias luso-africanas na Senegâmbia meridional.

13. Os Luso-africanos na literatura.

14. Estudo comparativo dos Luso-africanos da Senegâmbia com outros fenómenos populacionais semelhantes em África. 

15. Os Luso-africanos e a questão religiosa (cristianismo, judaísmo, animismo, islamismo).

NB: No final do Colóquio, será formalizada a criação de um grupo de investigação internacional e interdisciplinar. 

Datas importantes:

As propostas de comunicação com um máximo de 300 palavras em português e em francês, com 5 palavras-chave, e acompanhadas de uma breve biografia (máximo 10 linhas e indicação da afiliação institucional), devem ser enviadas até 31 de Julho de 2020.
As propostas serão submetidas a uma dupla avaliação.
As notificações de aceitação ou de rejeição serão enviadas em finais de Agosto de 2020.
Os artigos devem ser enviados até 31 de outubro de 2020

Serão publicados penas os artigos aprovados após dupla avaliação por pares. 

Línguas do Congresso:

As comunicações aceites podem ser feitas em francês ou em português.

Todas as propostas devem ser enviadas a: 

1. Carlos Cardoso: carlos.cardoso28@gmail.com
2. Natália Albino Pires: npires@esec.pt
3. Eugène Tavares: etavares@univ-zig.sn